Avaliação de carcaça bovina: uma revisão sobre o uso do ultrassom

Marcelo José Ferreira Batista da Silva, Leandro Fragoso Lins, Ney Bráulio de Oliveira Lins, Mariana Gomes Ferreira Machado de Siqueira, Andrea Paiva Botelho Lapenda de Moura, Pedro Marinho de Carvalho Neto, Severino Benone Paes Barbosa, Wilson Moreira Dutra Júnior

Resumo


Diversos métodos de avaliação de carcaça bovina vêm sendo utilizados para expressar características relacionadas à carcaça, à qualidade da carne e ao produto final de um determinado sistema de produção. Atualmente, o uso do ultrassom na técnica de ultrassonografia é um desses métodos. Assim, o objetivo desta revisão é informar sobre o uso do ultrassom na avaliação de carcaça bovina, pontuar os principais indicadores de medidas na carcaça e sua avaliação, além de apresentar as vantagens e limitações do seu uso. A ultrassonografia vem sendo usada para quatro finalidades dentro das técnicas de avaliação de carcaças: avaliação da composição corporal quanto à deposição de músculo e gordura; avaliação dos reprodutores e sua progênie; seleção em rebanhos; e rendimento de carcaça para o mercado consumidor. A técnica permite a coleta de três principais medidas de carcaças in vivo: espessura de gordura subcutânea, área de olho de lombo e gordura de marmoreio, onde esses indicadores, feitos por ultrassom, apresentam boas correlações com as medidas de carcaça post mortem. Como benefícios da utilização da técnica tem-se a obtenção em tempo real, de forma rápida e barata, das características de composição de carcaça em animais ainda vivos. As principais limitações são tecnológicas, experiência do operador, e características particular do animal. Portanto, conclui-se que a ultrassonografia é uma ferramenta que tem sido largamente utilizada, sendo sua aplicação de extrema importância na avaliação da condição corporal e na seleção genética, possibilitando assim a produção de um animal que atenda o mercado consumidor.

Palavras-chave


carne bovina; conformação de carcaça; qualidade; ultrassonografia

Texto completo:

PDF PDF

Referências


Cartaxo, F.Q.; Sousa, W.H. de; Cézar, M.F.; Costa, R.G.; Cunha, M. das G.G.; Gonzaga Neto, S. Características de carcaça determinadas por ultrassonografia em tempo real e pós-abate de cordeiros terminados em confinamento com diferentes níveis de energia na dieta. Revista Brasileira de Zootecnia, 40(1): 160-167, 2011.

Cross, H.R.; Belk, K.E. Objective measurement of carcass and meat quality. Meat Science, 36(12): 191-202, 1994.

Delehant, T.M.; Dahlke, G.R.; Hoffman, M.P.; Iiams, J.C.; Rouse, G.H.; and Wilson, D.E. Iowa State University. Using real-time ultrasound during the feeding period to predict cattle composition. Beef Research Report, 1997. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2017.

Devitt, C.J.B.; Wilton, J.W. Genetic correlation estimates between ultrasound measurements on yearling bulls and carcass measurements on finished steers. Journal of Animal Science, 79(11): 2790-2797, 2001.

Dias, F. Associação Nacional dos Confinadores. Impactos do aumento de peso e acabamento da carcaça sobre os custos de processamento e valor comercial da carne de bovinos. Assocon, 2006. Disponível em: . Acesso em: 01 jun 2017.

Dibiasi, N.F.; Tholon, P.; Barrozo, D.; Fries, L.A.; Queiroz, S.A. Estimativas de correlações genéticas entre características de carcaça medidas por ultrassonografia e por escores visuais em touros Brangus. ARS Veterinária, 26(1): 32-37, 2010.

Faria, C.U.; Magnabosco, C.U.; Borjas, A.R.; Lôbo, R.B.; Bezerra, L.A.F. Inferência bayesiana e sua aplicação na avaliação genética de bovinos da raça nelore: revisão bibliográfica. Ciência Animal Brasileira, 8(1): 75-86, 2007.

Greiner, S.P.; Rouse, G.H.; Wilson, D.E. The relationship between ultrasound measurements and carcass fat thickness and longissimus muscle area in beef cattle. Journal of Animal Science, 81(3): 676-682, 2003.

Herring, W.O.; Miller, D.C.; Bertrand, J.K.; Benyshek, L.L. Evaluation of machine, technician, and interpreter effects on ultrasonic measures of backfat and longissimus muscle area in beef cattle. Journal of Animal Science, 72(9): 2216-2226, 1994.

Houghton, P.L.; Turlington, L.M. Application of ultrasound for feeding and finishing animals: A review. Journal of Animal Science, 70(3): 930941, 1992.

Kemp, D.J.; Herring, W.O.; Kaiser, C.J. Genetic and environmental parameters for steer ultrasound and carcass traits. Journal of Animal Science, 80(6): 1489-1496, 2002.

Lôbo, R.B. Avaliação genética de touros e matrizes da raça Nelore: Sumário 2004. Ribeirão Preto: GEMAC - Departamento de Genética - FMRPUSP, 2004. 122p.

Luchiari Filho, A. Pecuária da carne bovina. 1ed. São Paulo: LinBife, 2000, 134p.

MacNeil, M.D; Nkrumah, J.D; Woodward, B.W; Northcutt, S.L. Genetic evaluation of Angus cattle for carcass marbling using ultrasound and genomic indicators. Journal of Animal Science, 88(2): 517-522, 2010. Maldonado, F. Utilização da ultra-sonografia para predição de características de carcaças bovinas. Infobibos, 2007. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2017.

Mourão, G.B.; Ferraz, J.B.S.; Eler, J.P.; Balieiro, J.C.C.; Bueno, R.S.; Mattos, E.C.; Figueiredo, L.G.G. Genetic parameters for growth traits of a Brazilian Beef (Bos taurus x Bos indicus) composite. Genetics and Molecular Research, 6(4): 1190-2000, 2007.

Perkins, T.L., Paschal, J.C., Tipton, N.C., La Zerda, M.J. Ultrasonic Prediction of Quality Grade and Percent Retail Cuts in Beef Cattle. Journal of Animal Science, 75(1): 178-182, 1997.

Prado, C.S.; Pádua, J.T.; Corrêa, M.P.C.; Ferraz, J.B.S.; Miyagi, E.S.; Resende, L.S. Comparação de diferentes métodos de avaliação da área de olho-de-lombo e cobertura de gordura em bovinos de corte. Ciência Animal Brasileira, 5(3): 141-149, 2004.

Realini, C.E.; Willians, R.E.; Pringle, T.D. Gluteus medius and rump fat depths as additional ultrasound measurements for predicting retail

product and trimmable fat in beef cattle. Journal of Animal Science, 79(6): 1385-1387, 2001.

Reverter, A.; Johnston, D.J.; Graser, H.U.; Wolcott, M.L.; Upton, W.H. Genetic analyses of liveanimal ultrasound and abattoir carcass traits in Australian Angus and Hereford cattle. Journal of Animal Science, 78(7): 1786-1985, 2000.

Silva, S.L.; Leme, P.R. ; Putrino, S.M. ; Lanna, D. P. D. Alterações nas características de carcaça de tourinhos Nelore, avaliadas por ultra-som. Revista Brasileira de Zootecnia, 35(2): 607612, 2006.

Son, J.; Lee, D. Estimation of Genetic Correlations and Selection Responses for Carcass Traits between Ultrasound and Real Carcass Measurements in Hanwoo Cows. Journal of Animal Science and Technology, 55(6): 501508, 2013.

Suguisawa, L.; Mattos, W.R.S.; Oliveira, H.N. de; Silveira, A.C.; Arrigoni, M. de B.; Haddad, C.M.; Chardulo, L.A.L.; Martins, C. L. Ultrasonography as a Predicting Tool for Carcass Traits of Young Bulls. Scientia Agricola, 60(4): 779-784, 2003.

Tarouco, J.U.; Lobato, J.F.P.; Tarouco, A.K.; Massia, G.S. Relação entre medidas ultra-sônicas e espessura de gordura subcutânea ou área de olho-de-lombo na carcaça em bovinos de corte. Revista Brasileira de Zootecnia, 34(6): 20742084, 2005.

Trenkle, A.; Liams, J.C. Iowa State University. Potential value of ultrasound to sort feeder cattle into more uniform groups for finishing and marketing. Beef Research Report, 1997. Disponível em: . Acesso em: 01 jun 2017. Waldner, D.N.; Dikeman, M.E.; Schalles, R.R.; Olson, W.G.; Houghton, P.L.; Unruh, J.A.; Corah, L.R. Validation of real-time ultrasound technology for predicting fat thicknesses, longissimus muscle areas, and composition of Brangus bulls from 4 months to 2 years of age. Journal of Animal Science, 70(10): 3044-3054, 1992.

Williams, A.R. Ultrasound applications in beef cattle carcass research and management. Journal of Animal Science, 80(2): 183-188, 2002.

Wilson, D.E. Application of ultrasound for genetic improvement. Journal of Animal Science, 70(3): 973-983, 1992




DOI: https://doi.org/10.26605/medvet-n4-1961

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
 
 
Medicina Veterinária (UFRPE)
Universidade Federal Rural de Pernambuco
Departamento de Medicina Veterinária
Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n
Dois Irmãos, Recife, Pernambuco
CEP: 52171-900. Brasil.
+55 (081) 3320-6401